Pop em dose dupla: Bieber + Zyan

Post dedicado à Vera ♥
e a todo os leitores fãs da música pop!

Se, ao ler Bieber e Zyan no título dessa postagem, você se assustou, é sinal de que me conhece, haha! Por mais que eu tenha reunido forças para falar de pop no Yellow e criar uma conexão maior que vários leitores, um post como o de hoje é algo jamais visto na história desse blog.

Faz um tempo que não abordo nada mais fora do meu universo. Os últimos posts sobre música pop trouxeram artistas que eu gosto justamente por não fazerem parte do “lugar comum” em que eu coloco tantos outros do gênero.

Para compensar, achei justo cumprir o maior desafio que me foi proposto em dois anos de blog: falar de Justin Bieber, falar de Zyan Malik.

Eu não tenho a menor afinidade com esses caras. Sinceramente, esperava que a febre Bieber fosse passar depois de alguns anos, mas parece que ele decidiu dar, não só aos fãs, motivos para esperar que ele siga firme: um álbum mais maduro, trazendo novas possibilidades. Purpose (2015).

Febre por febre, tinha uma expectativa ainda maior que a do One Direction passasse logo. Backstreet Boys foi a única boyband que ganhou minha atenção e, ainda assim, por um curto período de tempo. Eis, então, que um dos garotos 1D se rebelou (rs) e saiu do grupo. Ao que parece, Zyan finalmente está mostrando a que veio e Mind Of Mine (2016) é um bom começo.

Digamos, na realidade, que a vida musical dos dois começa nesse ponto, para mim. Foi graças à boa recepção de um público mais amplo – não apenas dos já fãs -, que decidi ouvir Justin Bieber.

Preciso dizer que não. Não fiquei cantarolando is it too late now to say sorry?” como se se me desculpasse para colocar Bieber meu dia-a-dia. Isso não aconteceu, nem está acontecendo. A diferença é que, agora, tenho mais confiança de que L.A Reid não estava errado ao apostar naquela baby face. Continuarei, porém, esperando que a maturidade não venha apenas na música (como ele se propôs, inclusive) Para quem nunca foi fã, é difícil desassociar o que se ouve àquela postura de moleque rebelde sem causa.

Eu não dei atenção à quase nada da saída do Zyan do 1D. Apenas ao fato de que, com sua primeira música solo lançada na rede, “I Wont Mind”, disseram que o rapaz deu um recado claro: estava dando uma pausa da banda e não da música e que estava pronto para apresentar algo realmente diferenteSim, foi o diferente que me atraiu e é por esse caminho que espero que ele siga.

Aquilo que foge (ou tenta fugir) ao lugar comum no pop costuma ganhar chances comigo. Nenhum dos dois apresentou um pop alternativo – como outros artistas que já destaquei – e nem seria essa a proposta. Mas valeu a pena ouvir. Se eu ouviria de novo?

De um modo geral: conceito, produção e, porque não, potencial comercial, Purpose é melhor. É assinado por nomes como Diplo Skrillex além, claro, de Rick Rubin, que já trabalhou com muita gente boa, inclusive do rock e do rap.

Porém, Mind Of Mine me interessa mais porque aquele diferente, que dá espaço para um pouco de R&B soul, faz com que o álbum tenha menos músicas chiclete (uma verdadeira faca de dois gumes no mundo pop, né).

Então, respondendo à pergunta que eu mesma fiz, ouviria de novo? Purposemeeh. Mind Of Mine: sim!

 

Anúncios

10 comentários sobre “Pop em dose dupla: Bieber + Zyan

  1. QUE POST MARAVILHOSO!
    Dedicado a mim ou não, é um prazer ler você falando de pop!
    Pedi na cara dura sua opinião sobre ambos os álbuns porque (você sabe) que estou (ainda não superei) apaixonada por eles!
    MAS
    Concordo muito com você quando fala que a qualidade do álbum do Zayn é MUITO superior a do Bieber. Vocalmente, musicalmente, e até, sobre as letras e a forma com que ele aborda a música, sinto um respeito muito maior, uma coisa de admiração pelo próprio trabalho.
    Já o Bieber, realmente ainda tem um caminho de amadurecimento pela frente, mas já o sinto diferente em ‘Purpose’, até na questão politica e social que algumas letras exercem.

    Me empolguei mas só porque fiquei MUITO feliz, honrada e emocionada em saber que você ouviu e conseguiu fazer esse post tão especial!

    Gratidão por ele, por todas as indicações maravilhosas que ganhei sendo leitora (assídua) do Yellow e pela amizade especial que também ganhei graças a esse blog maravilhoso!♥

    Curtido por 1 pessoa

  2. É interessante saber que você concorda comigo, quanto à qualidade dos álbuns. Não porque me dá razão, mas porque me mostra que, mesmo acompanhando pouco o pop, Justin e Zyan, consegui ter uma visão semelhante à de alguém que curte. Agora é ver o que o futuro reserva para eles e para nós…
    E, mais uma vez, obrigada por me ajudar a crescer e a levar o Yellow a expandir suas possibilidades ♥
    Beijo grande!!

    Curtir

  3. Tá, eu confesso: nunca sei quase nada das músicas pop mais tocadas na atualidade. Não porque não goste de pop, eu adoro, mas acabo ouvindo muito os dos anos 90 e 2000 e esquecendo dos atuais. Porém, acabei ouvindo a bendita Sorry, do Justin Bieber, e gostei. Não foi nada fora do comum na minha opinião, mas achei boa e ela gruda feito chiclete. Já do Zyan, sabia que ele tinha saído do 1D, mas também é tudo que sei, não ouvi nada dele. Mas acho super legal que você fale sobre outros estilos e músicas que fogem um pouco da sua zona de conforto.
    Beijos
    Mari
    http://www.pequenosretalhos.com

    Curtido por 1 pessoa

    1. Esse meu contato com o pop aumentou em função das sugestões dos leitores do Yellow. O que eu busco, normalmente, são artistas diferentes. Por isso falar de Bieber e Zyan foi tão desafiador. Sempre acho válido sair da zona de conforto um pouco. Dessa vez, saí muito, hehe. Mas valeu :)
      Beijos

      Curtir

  4. Gostei muito do post e de sua sinceridade, porém confesso que continuo não dando atenção a nenhum dos dois. Gostei razoavelmente de What do You Mean? e detesto Sorry com todas as forças do meu ser, porém a sonoridade de ambos não é do tipo que me atrai… A voz do Zayn, por outro lado, considero muito boa e muito superior a do Bieber.

    Beijos!

    Curtir

  5. Não sabia quem era esse tal de Zyan e descobri que 1D é One Direction, hahaha. A única música que conheço do One Direction é What Makes You Beautiful porque tocava em tudo que é lugar e foi o suficiente pra não ir atrás de outras. Gostei do post! Bieber tá mais maduro em Purpose, tanto na parte vocal quanto musical. Sobre Zyan, não sou capaz de opinar, rs.

    Curtido por 1 pessoa

    1. HAHA! Olha, eu conheço muito nome até porque acompanho vários portais e vivo conferindo os trending topics, rs. Acho que essa música que você citou é a mesma deles que eu conheço. Fui ouvir os álbuns de Bieber e Zyan a pedido de uma leitora/amiga e rendeu o suficiente para escrever sobre. E para achar que posso esperar algo bacana do Zyan no futuro :p vai saber!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s