8 coisas (musicais) que quero fazer em 2018

Eu quase nunca participo das Postagens Coletivas do Vai um Café?, mas dei um jeito de entrar nessa, fazendo uma leve adaptação para atender ao tema majoritariamente musical do Yellow!

A ideia é falar sobre 8 coisas que quero fazer em 2018, então decidi falar sobre coisas que sejam musicais — ou seja, relacionadas ao universo da música ou ao do blog.

★ Fazer um planejamento de postagens

Quem me conhece para além do Yellow sabe que o blog é um hobby, que eu tenho outros projetos, como o do Medium, e que eu escrevo profissionalmente (os links aí foram pra vocês clicarem e conhecerem mesmo). E isso significa que eu tenho um volume alto de conteúdos para desenvolver.

Em 2017, eu aprendi um pouco mais sobre o ditado que diz que “em casa de ferreiro o espeto é de pau”. Porque adoro quando o cliente tem um plano de conteúdo desenvolvido, já que isso facilita bastante o meu trabalho e gera melhores resultados para ambos. Enquanto isso, porém, eu mesma não consegui desenvolver um planejamento próprio, para além das entregas profissionais. E isso fez com que o Yellow praticamente parasse…

escrever

★ Acompanhar melhor os lançamentos musicais

Lançamentos musicais representam algo que eu comecei a acompanhar com mais atenção por causa do Yellow. Desde a criação do blog, eu soube que não seria viável (e eu nem queria) tentar transformar o espaço em um site de notícias ou de opiniões sobre tudo o que estivesse acontecendo no universo musical.

Mas eu queria conseguir acompanhar as novidades simplesmente para não viver falando apenas de álbuns clássicos (porque isso realmente não dá certo).

Por um tempo, eu até que consegui, mas 2017 foi complicado nesse sentido e eu expliquei melhor as razões no post sobre os favoritos do ano.

★ Definir uma forma mais prática de fazer o #ConhecendoBR 

Desde que abri espaço para divulgar bandas e artistas nacionais no #ConhecendoBR, muita gente apareceu para enviar seu material. Como já disse aqui outras vezes, o Yellow não ganha (e, ao menos por ora, nem pretende ganhar) nada com isso. E, portanto, me reservo o direito de escrever apenas sobre o que eu realmente gostei de ouvir.

Ainda que esse “filtro” me ajude a reduzir o volume de material, a já mencionada falta de planejamento também atrapalha na produção desse tipo de conteúdo. Mas chegaremos lá! Podem continuar mandando seus links e releases :)

★ Assistir e indicar mais filmes e documentários musicais

Quando criei o Yellow, o objetivo não era falar só de música. Não sei bem como aconteceu, mas acabei me fechando nesse universo que é mesmo maravilhoso. De qualquer forma, porém, sempre pensei em tratar sobre outros assuntos aqui e, como o Fora da Caixa, comecei a fazer isso (quase) sempre trazendo conteúdos ainda relacionados com a música.

Filmes, documentários, livros e outras formas de produção artística deveriam estar mais presentes e é isso o que eu espero para 2018 (se não der para o blog, ao menos para a vida).

★ Ir a mais shows (todos chora com essa)

2018 tá com um calendário promissor de shows, mas a maioria deles não passa por minha querida Hellorizonte. E isso, sem sobra de dúvida, compromete qualquer planejamento e concretização dos sonhos de assistir as bandas favoritas ao vivo. Porém, não custa nada deixar o desejo registrado e tentar correr atrás.

concert money
@ pinterest

★ Fazer as tão planejadas aulas de violão

Se você já leu a aba quem sou eu pra falar de música, sabe que eu não tenho nenhuma formação musical. Há anos, porém, tenho um lindo violão que só serve de enfeite. Os planos, porém, são de fazer com que o instrumento finalmente comece a cumprir sua real função na vida.

★ Trazer mais artistas ou álbuns “desconhecidos” para o blog

E, por “desconhecidos”, me refiro àqueles que eu (eeeeeeu) ainda não conheço! Porque, muitas das vezes em que compartilhei descobertas aqui, apresentei um som legal para os leitores ou, ainda, incentivei vocês a me apresentarem artistas que têm uma pegada semelhante e que adorei ouvir!

★ Acompanhar mais de perto a relação entre a indústria da música e o marketing

Se lembram quando eu contei, lá no começo, que escrevo profissionalmente? Dentre outras coisas, isso significa que eu trabalho com um negócio chamado marketing de conteúdo (que é uma estratégia já bastante popular para atrai o público por meio de materiais úteis e devidamente elaboradores, etc. etc).

E, nesse meio, há muito que diz respeito sobre a música como estratégia de conteúdo ou sobre estratégias de marketing para a “construção” de ícones da música. Entender melhor desse assunto é algo que, para mim, representa unir o útil ao agradável e por isso está na lista das coisas que quero fazer em 2018!

E você, o que quer fazer no próximo ano? 

post-coletivo

Anúncios

19 comentários sobre “8 coisas (musicais) que quero fazer em 2018

      1. Do you like Christmas music? We have like 5 radio stations that now play all Christmas music all the time (various styles and genres). It’s horrible. Perfectly good rock stations turned into pathetic Christmas music stations. One of the stations played all new rock, so I was listening to new releases on my commutes to and from the office. Now I’m back to listening classic rock and talk radio in the car. I think it’s a sign of the sad state of radio companies with Cumulus declaring bankruptcy and iHeart Radio on the verge of bankruptcy. I read that Sweden is shutting down FM radio.

        Curtido por 1 pessoa

        1. Oh, wow! I didn’t know about this whole radio situation! I don’t listen to radio much anymore. There was a time I used to have an app that alowed me to listen to any radio station avaliable (and now I’m relieved I don’t do this anymore so I don’t have to listen to all the Christmas music haha). But here in Brazil I believe radio stations are still in relativitly good situation. Facing the change, specially the ones that play music, but yet surviving. There is one special station that is finding a way to evolve with the market and making live TV and app transmitions, mixturing rock music, infos, humor and sports. I’m very interest to know how their future is gonna be…

          Curtido por 1 pessoa

          1. Hew have few stations that are similar to the one you are talking about, that seem to thrive. It could be there is just too many stations here, and the Christmas music is probably the least expensive venue for them. Most stations got ride of DJs some time ago. Only a few have DJs, morning shows and stuff like that.

            Curtido por 1 pessoa

          2. Got it! This station I mentioned is, probably, the only big one in town / state dedicated to rock music nowadays. I think some others just died or are trying their lives as online radio stations. Besides this one, I only follow one more for random but nice music and another for news. So I really don’t know much else! Some stations have special shows with “DJs” (or just someone who puts some music and sometimes talk about them), but guess this isn’t so common anymore

            Curtido por 1 pessoa

  1. Muita força pra nóis tudo nesse ano que vem. Eu sempre fico impressionado com suas ideias pra melhorar seu trabalho – aqui, em outros sites, em geral. É profissional mesmo. Talvez você esteja tão inserida no meio que não seja nada demais pra você, mas, a mim, impressiona.
    Faz tanto tempo que não vou num show de porte, vivendo em Itajaí… acho que nem vislumbro mais a hipótese. Tomara você consiga ir em alguns, pra compartilhar aqui a experiência. Algum confirmado que esteja na sua mira? (Mesmo que seja, ainda, só um plano distante.)
    Sobre indicações de artistas desconhecidos, precisando de uma dica de última hora, só pedir. O Spotify me fez descobrir um monte de coisa bacana. Uma peregrinação pelas esquinas obscuras do Spotify e do Youtube sempre trazem uns diamantes perdidos também, se quiser fazer a busca por conta própria.
    Achei interessante demais o último ponto. Gostaria muito de ler sobre isso. A construção de um ídolo é uma coisa bem louca pra mim.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Apesar de eu ter começado a pensar em planejamento de conteúdo pra cá (o que não sei se vou conseguir colocar em prática), eu realmente encaro isso como algo mais natural. Mas me é muito importante saber que se trata de uma postura mais profissional porque, no fim das contas, isso agrega ao que eu, de fato, faço profissionalmente.
      Sobre shows, o que eu queria mesmo era o do Foo Fighters, mas dessa vez eles não tocam em BH e isso complica um pouco $$. Ozzy também me interessa! Vamos ver…
      Sobre o último ponto, vou tentar me lembrar de te mandar alguns conteúdos que já li a respeito!

      Curtido por 1 pessoa

  2. Cara, eu amei teus planos. Me identifico com a maioria, porém, e a vida pra tudo isso? HAHAHAH. Uma notícia maravilhosa de 2018 se tratando de música na minha vida: irei no show do Roger Waters no estádio de Curitiba! ♥
    Será só em outubro mas a Bia já está como? HAUHAUAHAUH
    2017 foi uma negação de show internacional, não fui em nenhum.. porque uma coisa que coloquei como meta é todo ano ir em um grande show de um artista que amo. 2015 foi o Gilmour, 2016 o Guns e 2017 nothing.
    BUT esse ano vai! Saio de SC e ando 12 horas de busão feliz da vida, faça o mesmo menina!

    :DDD
    Beijo e um lindo ano pro Yellow!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Gostei de conhecer seus planos para 2018, espero que realize todos eles. E sobre conhecer filmes e documentários musicais, você já assistiu sing street ? Não é nada extraordinário, mas eu gostei bastante, é um filme que retrata o nascimento de uma banda em Dublin nos anos de 1980, mostra sobre amor e sonhos… Achei fofo hahaha.
    Beijos ♥ Feliz 2018 e te desejo muitas realizações.

    Curtir

    1. Elas já entram! Mas eu tenho uma política muito honesta de realmente só postar aquilo o que eu gostei de ouvir e ouviria novamente. E isso não tem relação (somente) com a qualidade das bandas, mas com meu gosto pessoal mesmo. Então acaba que muitas ficam de fora…

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s