Clipe da vez: Rolling Stones + Kristen Stewart

Quase no apagar das luzes de 2016 – ou um pouco mais cedo -, o Rolling Stones me entregou um dos meus álbuns favoritos do anoBlue & Lonesome. O primeiro álbum de estúdio desde A Bigger Bang (2005) é um resgate das origens dos Stones num 12-faixas só de covers maravilhosos de composições do bom e velho blues, que embalou e inspirou o surgimento da banda.

A divulgação do trabalho começou com Just Your FoolHate To See You Go – que também tem vídeo. O clipe para Ride ‘Em On Down foi lançado logo no início de dezembro.

A música – Ride ‘Em On Down

A primeira versão apareceu como Shake ‘Em On Down, composta por Bukka White, um dos nomes do delta-blues, um dos primeiros estilos do gênero, lá em 1937. White fez bastante sucesso com a música e isso impulsionou regravações por vários bluesmen. Uma delas é a que apareceu como Ride ‘Em On Down, por Eddie Taylor, em 1955. É essa a versão que os Stones usaram para o álbum.

O clipe – Elementos e história

O cenário é uma Los Angeles aparentemente abandonada, nos anos 1960, num pré ou pós apocalipse. Kristen Stewart e seu belíssimo Mustang azul são as estrelas que habitam a cidade e o clipe. A banda não aparece, mas a referência é evidente, para além da voz de Mick Jagger e das características que fazem o Rolling Stones ser inconfundivelmente Rolling Stones, mesmo num cover.

ford-stones

O azul do carro faz todo o sentido. O blues é a razão de todo o álbum, num momento em que os Stones estão mais do que livres do que nunca para se desapegar de suas cores e pintar o linguão característico da banda de outra cor (vide imagem que ilustra o post e, também, a capa de Blue & Lonesome).

Praticamente dona da cidade, Kristen tem Ride ‘Em On Down como trilha sonora perfeita para ziguezaguear livremente pelas ruas, curtir o carro, a liberdade e o som como dificilmente nós, mortais, teremos a oportunidade de fazer.

É provável que, quem dirige, reconheça essa sensação de querer (não façam isso, pode ser perigoso) acelerar o carro, bater no volante, cantar e dançar impulsionado pelo ritmo contagiante de boas canções. É basicamente isso o que temos aqui.

E, se dançar dentro do carro parece difícil ou improvável, o clipe ainda se faz valer das cenas em que Stewart faz uma pausa para abastecer o carro e é totalmente dominada por essa coisa maravilhosa que é o blues dos Rolling Stones.

kristen-dancing

Kristen Stewart – my spirit animal

Além de tudo, uma coisa maravilhosa que os Stones fizeram aqui foi mostrar para o mundo algo que alguns ainda relutam em aceitar, Kristen Stweart é muito mais do que só  a Bella de Crepúsculo. E essa não foi a primeira vez em que a atriz se envolveu com o universo da música. Em 2010, ela interpretou ninguém menos do que Joan Jett, no filme The Runaways, que reconta a formação da banda, com foco na relação entre Jett e Cherie Currie, interpretada por Dakota Fanning.

O clipe – enjoy!

E que fotografia maravilhosa, não? A vontade era de encher o post de prints do youtube ;)

Anúncios

10 comentários sobre “Clipe da vez: Rolling Stones + Kristen Stewart

  1. realmente, dirigir pelas ruas desertas de uma cidade grande em plena luz do dia deve ser uma maravilha!

    gostei demais da produção da música (principalmente nos vocais), o q alimenta a minha fé de q a banda se anime a gravar um último álbum de inéditas.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Tomara que sim, Henri. Talvez essa volta às origens alimente o lado criativo deles! O que é bem legal nesse álbum é que, apesar de ser de covers, não parece. E isso porque os Stones sabem se fazer inconfundíveis mesmo quando tocam música “dos outros”.

      Curtido por 1 pessoa

  2. Que fotografia incrível, super adequada à atmosfera rebelde vintage! E os vocais de Mick Jagger estão fantásticos. Nunca parei para ouvir Rolling Stones, mas acho que preciso ouvir esse novo álbum, pois é inegável que o Blues tem algumas forte semelhanças (em termos de sonoridade, ao menos) com o Country. Particularmente não gosto da Kristen Stuart, mas esse clipe é maravilhoso e é uma pena que a música seja tão curta!

    Beijos!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Esse álbum está sensacional, Thaís! E se o fator blues fez aumentar seu interesse, saiba que os primeiros álbuns da banda também tinham esse tempero. Até porque, foi nesse meio que eles se formaram :) Fica a dica pro caso de você curtir Blue & Lonesome e ficar com vontade de ouvir mais Stones hehe

      Curtido por 1 pessoa

  3. Lari, gostei principalmente das introduções e arranjos das músicas. Essa coisa meio off road, anos 80… O álbum todo tem uma atmosfera bem legal, pois é o tipo de música que te faz visualizar situações em que a música seja o pano de fundo e, bem, eu escrevo, então… HAHAHAHA All for You, Just Your Fool e Ride ‘Em On Down são minhas favoritas! E sim, acho que essas músicas ainda me darão boas ideias hehe

    Beijos e excelente semana!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s