Álbum da semana: The Doors

#AlbumDaSemana é a série de indicações que vai ao ar todas as segundas-feiras. Há sempre links para ouvir pelo Youtube e/ou pelo Spotify. Sugestões são bem vindas!

Se é para o bem de todos e a felicidade geral dos leitores do Yellow, o álbum da semana FICA! Essa foi uma decisão de vocês, com base no questionário que divulguei aqui nas últimas semanas. Assim sendo, cá estamos com The Doors.

Depois de muito esforço – e isso será mantido – para dar espaço para o pop (e ao nacional) por aqui, achei bem válido começar o ano com o bom e velho rock n’ roll. Sei que tenho leitores que curtem e adoram encontrar posts sobre suas bandas favoritas por aqui. Então, vamos lá…

the doors
Ouça: Spotify

MOTIVO DA ESCOLHA – Há exatos 49 anos, o The Doors lançava seu primeiro álbum, que leva o nome da banda. Mas, esse não é o único motivo….

Em uma entrevista, Jim Morrison contou que estava na praia curtindo o calor do verão (se identificaram?), curtindo a liberdade após anos de escola, ouvindo músicas e viajando com elas. Ele sentiu vontade de reproduzir o que de mítico havia ali.

Só depois de escrever algumas músicas é que Jim sentiu que precisava, ele mesmo, dar vida àquilo. Estamos, portanto, diante do álbum que criou o The Doors.

Entendam, Jim não tinha banda e não tocava instrumento algum (fora uns sons no piano). Ele nunca havia pensando em se tornar um astro do rock, mas, de repente…

POR QUE OUVIR? The Doors fazia um rock psicodélico. Jim era um “descobridor”, alguém interessado em conhecer o novo e explorar novas sensações.

Se esse vai ser seu primeiro contato com a banda e o estilo, bem-vindo a um mundo novo. Light My Fire é a música mais famosa desse álbum e pode, se você estiver aberto para isso, te levar para a viagem mítica de Jim à praia.

Se você, já conhece a banda e curte, eu não preciso falar mais nada. Mas se você, a) não conhece; b) já ouviu, mas não curtiu; c) nunca ouviu: dê uma (nova) chance. O sucesso desse álbum e sua importância para o universo musical são inegáveis.

A banda, obviamente, tinha outros membros que devem ser lembrados – Ray Manzarek, John Demsmore e Robby Krieger -, mas é Jim uma das personalidades mais icônicas da história do rock. Não percam a chance de se conectar a ele :)

Informações:

LANÇAMENTO: 04 de janeiro de 1967

FAIXAS:

  1. Break On Through (To the Other Side)
  2. Soul Kitchen
  3. The Cyrstal Ship
  4. Twentieth Century Fox
  5. Alabama Song (Whisky Bar)
  6. Light My Fire
  7. Back Door Man
  8. I Looked at You
  9. End of the Night
  10. Take It as It Comes
  11. The End

OBS: Não achei uma versão completa disponível no Youtube. Caso encontrem, me avisem nos comentários!

Anúncios

22 comentários sobre “Álbum da semana: The Doors

  1. The doors were really popular when I was young. My older brother liked them, so and he got this album soon after it was released. This was their best album as far as I’m concerned. The Doors were never a favorite of mine.

    Curtido por 2 pessoas

  2. Amei o teu post, Lari. Por que será? HAHAHAHAH Jim sendo Jim, curtindo a vida adoidado e viajando nas músicas ever! Amo o Doors por isso: a psicodelia intensa! Os anos 60 foram muito ricos pra esse estilo musical que eu sou apaixonada! Aliás, a década de 60 tem tanta coisa linda, né? Os cabelos, as roupas, as maquiagens! ♥
    Um beijão, e feliz 2016 por aqui!

    Bia

    Curtido por 1 pessoa

  3. Poucos discos me pegaram tanto de primeira quanto esse. Do início ao fim é uma experiência arrebatadora, e ainda acho Robby Krieger um dos guitarristas mais subestimados da história do rock. Do Manzarek não falo mt, porque todos sabem da importância dele pra banda. Abrçs!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Esse álbum é muuuito bom! Eu escuto muita coisa e acho que, a cada dia, o Yellow faz de mim uma pessoa mais eclética. The Doors é um dos clássicos que dá pra recorrer sempre que fico meio perdida com tanta “novidade”.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s