Álbum da semana: Jagged Little Pill

Olar! Seria Alanis Morissette a voz do último álbum da semana do Yellow? Ou seria Jagged Little Pill a primeira indicação dessa ~nova fase~ do blog? Sinceramente, isso vai depender também de vocês e da resposta que esse post vai ter…

hand im my pocket

Esses últimos dias foram vividos mais à flor da pele do que de costume. Acontece com vocês de, vez ou outra, sentir tudo de forma mais intensa sem nenhum motivo específico? Pois é… Um estudo de 2014 explica que música triste faz com que a gente se sinta feliz.

“Os ouvintes frequentemente escutam essas músicas quando experimentam estresse emocional para facilitar e espantar as emoções negativas”

Não sei se alguma vez escolhi propositalmente ouvir um álbum triste já pensando em lavar a alma, mas, de fato, funciona pra mim. Já reparam se funciona para vocês também?

jagged

MOTIVO DA ESCOLHA – Não sei se é possível classificar Jagged Little Pill como um álbum de músicas tristes, mas Alanis sempre soou meio sofrida para mim. Suas letras sempre foram carregadas de emoções e, por isso, me trazem essa sensação de “eu te entendo, amiga. Dá um abraço aqui”.

Reunidas nesse álbum, estão algumas das minhas músicas favoritas da canadense e deve até ser meio clichê falar isso, porque Jagged Little Pill é recheado de hits. Fato é que “you live you learn” é um dos ensinamentos óbvios mais importantes que a música já me deu.

POR QUE OUVIR? JLP foi o primeiro álbum de Alanis a ser lançado internacionalmente e é diretamente responsável pelo sucesso da cantora no mundo todo. É considerado um dos melhores álbuns da década de 90 (e que década maravilhosa!) e “o melhor álbum de rock alternativo por uma mulher lançado no século passado”. Segundo a galera da wiki, esse é o álbum internacional mais vendido no Brasil ever.

Foi por causa dele que Alanis passou a ser considerada como uma das mulheres mais influentes da música. Por isso, a reedição comemorativa é mais do que merecida. O mais legal é que a versão de luxo vem com novidades, como a faixa Superstar Wonderful Weirdos (clique aqui para ouvir).

Informações:

LANÇAMENTO: 13 de junho de 1995
Terceiro álbum de estúdio da cantora

FAIXAS:

1. All I Really Want
2. You Oughta Know
3. Perfect
4. Hand in My Pocket
5. Right Through You
6. Forgiven
7. You Learn
8. Head over Feet
9. Mary Jane
10. Ironic
11. Not the Doctor
12. Wake Up

Para ouvir pelo Spotify, clique na imagem da capa acima ou aqui, para ouvir pelo youtube.

Boa semana :)

Anúncios

11 comentários sobre “Álbum da semana: Jagged Little Pill

    1. Que bom! Um álbum da semana que te agrada :) Tá, você já curtiu vários, mas os últimos não eram lá muito sua cara né. Então, estou feliz!
      Eu vi ela no Jimmy sim. Até pensei em colocar no post, mas ia ficar muita coisa :)
      Beijooo

      Curtido por 1 pessoa

  1. Amoo algumas músicas desse CD, me trás tantas lembranças boas. E realmente as músicas dela são músicas lentas q não chegam a ser aquelas músicas melosas e enjoativas. Ouvi na rádio que ela irá lançar um CD com várias músicas que eram para ser colocadas nos outros àlbuns e ela não colocou (uma coisa assim), só sei que já quero ele kkkkk

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s