Quatro de quatro: álbuns favoritos de 2018

Quatro de quatro é como uma resolução de ano novo para que tenhamos, a cada um dos quatro trimestres 2018, um post sobre os lançamentos musicais favoritos do blog. O post anterior, claro, é o três de quatro.

Até pouco tempo atrás, eu achava que ter colocado Maluma no post Dois de quatro seria a coisa mais surpreendente desta série, mas talvez não. Eu achava também que os meses finais do ano não me apresentariam sons legais, mas me enganei.

Sem mais delongas, os últimos lançamentos que se tornaram favoritos de 2018 no Yellow:

Anthem of the Peaceful Army | Greta van Fleet 

greta van fleet

Anthem of the Peacfull Army está aqui graças ao Sal, que escreveu ao Yellow Convida apresentando este fenômeno chamado Greta Van Fleet. Sem isso, eu dificilmente teria conhecido o som da relativamente jovem banda americana que é comparada ao Led Zeppelin.

No fim das contas, não sei se a comparação é justa para qualquer dos envolvidos. A influência existe! A questão é que saber de algo novo que pudesse carregar a qualidade de um dos monstros do rock me animou. Por isso, este álbum está entre os meus favoritos do ano.

Sí | Andrea Bocelli

sí andrea bocelli

Esta é, com certeza, a maior surpresa da série de quatro posts de álbuns favoritos de 2018. Surpresa para vocês, claro, já que eu quase nunca compartilho qualquer coisa sobre meu gosto quanto ao tipo de música do Andrea Bocelli.

A verdade é que dei uma “dica” anos atrás, quando escrevi o post A valsa além de sir Anthony Hopkins para falar das minhas experiências em apresentações da orquestra do Andre Rieu. Mais do que isso, io parlo un po’ italiano e quando comecei a estudar a língua, passei um bom tempo ouvindo a artistas da música clássica. Bocelli era um deles.

Em Sí, temos participações de Ed Sheeran (que já havia colaborado com o italiano antese  Dua Lipa. Assim, se quiser, ouça ao menos essas duas faixas: Amo Soltanto TeIf Only!

Origins | Imagine Dragons

origins imagine dragons.png

Em 2014, escrevi sobre como conheci o Imagine Dragons, em uma época que os posts do Yellow recebiam títulos em inglês para combinar porque eu achava que era melhor assim (ainda bem que acordei pra vida, né).

Confesso que, de lá pra cá, nenhum lançamento dos caras me animou tanto. A verdade é que eu gostava mais de quando os achava mais indie do que indie pop. Porém, ao ouvir Origins, eu me animei. Não porque senti que o Imagine Dragons tenha resgatado o som que apresentaram ao mundo com Night Visions, mas porque finalmente consegui reconhecer elementos similares nas músicas, algo que começa logo na primeira faixa, Natural.

Delta | Mumford & Sons

delta mumford and sons

Já mencionei Mumford & Sons por aqui antes, uma das vezes foi no Post Junino: Folk & Country Rock, quando destaque que Robert Plant havia dito que os caras formavam a única banda que merecia ser ouvida na atualidade.

A verdade é que, anos atrás, eu me empolguei ao ouvi-los pela primeira vez e quis embarcar no hype. Mas isso de “querer” não faz sentido algum nessa circunstância, é preciso sentir e eu acabei não sentindo. Até que este ano, despretensiosamente, eu coloquei Delta para tocar e foi bom o bastante.

Para mim, o quarto álbum de estúdio da banda britânica fluiu com leveza, sem que eu sentisse qualquer peso da expectativa de fazer deles a banda da vez. Uma experiência muito melhor do que as anteriores!

O que você achou das minhas escolhas de álbuns favoritos para fechar 2018?

(Os demais posts da série aparecem na pesquisa por “lançamentos 2018”, é só clicar para conferir. Ao todo, selecionei 18 álbuns para apresentar aqui no Yellow)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s