Álbum da semana: The Freewheelin’ Bob Dylan

Oláaaa! Para a alegria geral de todos que não aguentavam mais esperar pela indicação da vez, o álbum da semana finalmente está no ar ;)

Antes de mais nada, gostaria de dizer que faz quase um ano que a indicação semanal de álbuns começou aqui no Yellow. Foi em 25 de maio de 2015, com Beggars Banquet, dos Rolling Stones. De lá pra cá, somam-se 50 indicações! Prontos para mais uma?

Como essa marca não é a única coisa que comemoramos hoje, vamos de The Freewheelin’ Bob Dylan, em homenagem ao aniversariante do dia.

bob d
Ouça: Youtube | Spotify

MOTIVO DA ESCOLHA – O motivo primordial eu acabei de citar, é aniversário de Dylan. Escolhi The Freewheelin’ pela grandeza do álbum, que combina bem com a data. Falei sobre ele há pouco tempo, na Yellow Sounds e, desde então quero que mais pessoas escutem.

POR QUE OUVIR?  Quando começou – esse é seu segundo álbum – Dylan estava fortemente ligado e influenciado pelo folk. Sabemos bem hoje, que o sujeito é um dos gigantes da música e acredito que pode ser uma experiência interessante para qualquer um ouvir aquilo o que ele tinha a oferecer quando estava dando seus primeiros passos, buscando seu lugar ao sol e tentando mudar o mundo…

The Freewheelin’ foi lançado há mais de 50 anos e me soa intenso, suave e poderoso ainda hoje. Logo de cara, nos entrega Blowin’ In The Wind e a sequência não deixa nada a desejar. Além dessa que todos conhecemos, recomendo aqui Girl From The North CountryDon’t Think Twice, It’s All Right e I Shall Be Free.

Informações:

LANÇAMENTO: 27 de maio de 1963

FAIXAS:

1. Blowin’ in the Wind
2. Girl from the North Country
3. Masters of War
4. Down the Highway
5. Bob Dylan’s Blues
6. A Hard Rain’s a-Gonna Fall
7. Don’t Think Twice, It’s All Right
8. Bob Dylan’s Dream
9. Oxford Town
10. Talkin’ World War III Blues
11. Corrina, Corrina
12. Honey, Just Allow Me One More Chance
13. I Shall Be Free

*Para ouvir, escolha uma das opções disponíveis na legenda da foto da capa do álbum ou faça uma busca no serviço de streaming de sua preferência.

Anúncios

26 comentários sobre “Álbum da semana: The Freewheelin’ Bob Dylan

  1. Só me explica uma coisa!
    Como você faz pra conhecer tanta gente? Ter tanta inspiração e indicar mais de 50 albuns diferentes?
    Para de humilhar a gente com tamanho conhecimento infinito! ruuum… rsrsrsrs
    Brincadeirinha…
    Parabéns Lari! Acho bonito de ser ver como domina e tem paixão pelo que escreve por aqui!!! Sucesso sempre!
    bjsssss

    Curtido por 2 pessoas

    1. HAHA! Isa, tô longe de dominar isso daqui. É gosto mesmo. A gente vai lendo, ouvindo, aprendendo… E é aquilo que, vira e mexe, recomendo aqui: buscar influências e influenciados pelos artistas que a gente gosta. Sempre dá pra descobrir algo “novo” e legal :)
      Um beijo e obrigada pelo carinho!

      Curtido por 1 pessoa

  2. E parabéns ao Bob Dylan! Espero que ele esteja se cuidando bem, 2016 tá um perigo pros artistas. Não tô preparado pra lidar com a morte dele, que é, talvez, meu compositor favorito, David Bowie já foi demais pra mim. Esse álbum é o nascimento do Bob Dylan. Mesmo seguindo a “tradição” do folk, quebrou uma das regras principais dos cantores folk daquele período: o disco é quase todo de músicas próprias – que forma uma contradição de termos, já que música folk é, falando o óbvio aqui, música popular, dessas passadas de geração pra geração, normalmente de origem desconhecida/esquecida. Não sei se foi o primeiro deles a fazer isso, acho que não, mas foi o primeiro a gerar impacto. Dá pra falar só desse disco por horas, desde o choque que foi ouvir um moleque cantando com aquela voz despreparada mas intensa, até o uso de formas poéticas bem complexas e jogos de palavras intrincados e técnicas literárias pra bolar as “histórias” das composições… É muito bom, de verdade.

    Como tenho hábito de fazer nesses comentários, vou indicar um disco de uma artista do mesmo período. Esse é um dos meus favoritos em geral, não sei se você conhece, mas espero que goste: https://www.youtube.com/watch?v=FFAdU9TC3uI – é uma facada musical direto na alma.

    Curtido por 2 pessoas

    1. Nossa, fiquei pensando nesse perigo também. Vamos torcer para que nada aconteça!
      Já comecei a ouvir sua indicação e me parece algo bem bacana. Vou deixar tocando aqui :)
      Realmente, sobre o álbum de Dylan, é assunto pra mais de hora, hehe. No outro post que fiz sobre ele – e linkei no texto daqui – falei um pouquinho mais. Inclusive sobre ele ser um moleque cantando aquilo tudo. Dylan sempre me pareceu uma alma velha.
      Ainda que eu tenha escrito 2x sobre, você conseguiu me acrescentar ainda mais sobre Freewheelin’. Obrigada!

      ps: vi seu comentário no post dos filmes, mas ainda não consegui dedicar a atenção necessária às indicações. Responderei em breve.

      Curtido por 2 pessoas

  3. Amo esse álbum, Lari! <3
    E que prazer saber que essa 'categoria' do blog completa um ano. Primeiro, porque sempre consigo EXCELENTES indicações com você aqui (quantas vezes já falei isso né?!), segundo, porque você tá sempre certa sobre a leitura que faz do álbum, é um prazer acompanhar!
    Beijos, da fã!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ô, Vera! Você fez um comentário de fã mesmo, viu?! haha
      Não sei se estou sempre certa sobre as leituras que faço dos álbuns. Mas gosto de falar deles sempre mostrando o que a música me fez sentir. Talvez por isso te passe essa ideia :)
      Muito obrigada por fazer parte de tudo isso aqui!
      <3

      Curtido por 1 pessoa

  4. Parabéns atrasado pro Dylan!
    Amo Knockin’ on Heaven’s Door, posso dizer isso? HAHAHAH
    Acredito que ele seja o mestre dos mestres do mundo folk, hoje em dia tá com bastante força, mas como todo bom mestre/gênio/Deus – ele nunca será substituído.
    Admito que não conheço à fundo o trabalho do Bob, mas vou me dar o luxo de agora escutar este álbum no Spotify! E parabéns pra ti e pro Yellow! Poxa, 50 indicações, já?
    Que venha muitos outros, já ouvi muito álbum por tua causa! HAHAHAHH
    Conteúdo bom merece destaque no coração da gente. <3

    Um beijo grande, Lari.
    Saudade de passar sempre aqui.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Pode sim, Bia! Bem legal você ter mencionado essa música, aliás. Eu conheci Knockin’ on Heaven’s Door com o Guns e demorei séculos para descobrir que era do Dylan. Deve ter muita gente que não sabe disso até hoje.

      Fico feliz todas as vezes que você aparece por aqui :) E que venham muitas indicações para ajudar você a conhecer música boa, muitas trocas e mais e mais amizade pra nós.

      Beijo enorme.

      Curtido por 1 pessoa

  5. Cara, 50 indicações!! 👏😃
    Quando completar 100 tem que ter alguma comemoração ou sorteio! :)
    Concordo com o comentário da Isabella, viu. Hahahahah
    Adoro ele, adorei as musicas! Não ouvi todas, mas as que eu ouvi adorei! E saiba que muitas vezes você é quem escolhe o que vou trabalhar ouvindo no dia! :)

    Curtido por 2 pessoas

  6. Meu pai é um apreciador do trabalho de Bob Dylan, mas eu nunca dei atenção, talvez pelo timbre e jeito de cantar de Dylan não serem os que normalmente me atraem. Já conhecia Blowin’ in the Wind. E achei a sonoridade desse álbum bastante semelhante ao do que já ouvi da banda Passangers. Até o timbre do vocalista lembra a voz de Dylan! haha Mas Dylan definitivamente não é o tipo de melodia que me atrai. Até curto algo de Folk, mas em geral com timbres femininos, como Brandi Carlile.

    E parabéns pelos 50 álbuns! Que venham muitos mais, pois adoro descobrir artistas que por conta própria eu não escutaria!

    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Não estou identificando essa banda Passangers. Pode me mandar um link depois?
      Eu não conheço a Brandi, mas irei ouvir. Outro leitor deixou uma indicação nesse post também, Karen Dalton. Gostei bastante. Quem sabe Brandi também entra pra minha lista…
      E obrigada, Thaís, por sempre participar aqui. Leitoras como você são motivação para seguir escrevendo, indicando álbuns e compartilhando música.
      Um beijo

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s