TAG: Liebster Award

liebsterO Yellow foi convidado a participar de mais uma TAG! Dessa vez, recebi a indicação para o Liebster Award do Eurico Gomes e das meninas do Uma dose por dia. Obrigada <3

Contando onze fatos sobre si e respondendo as onze perguntas de quem indicou o blog, a gente pode se conhecer melhor. E indicando onze blogs para responderem às suas perguntas, a gente ajuda a divulgar blogs legais \o/

Vou começar pelos 11 fatos completamente aleatórios sobre mim:

1. Apesar de ser uma pessoas comunicativa e às vezes até divertida, sou introspectiva e p-r-e-c-i-s-o do meu tempo sozinha sempre.
2. Gosto de música e artes desde criança e essas eram minhas disciplinas preferidas na escola (enquanto existiram).
3. Tinha o sonho de trabalhar em assessoria de clube de futebol e, na verdade, passei alguns anos trabalhando como repórter esportiva, cobrindo futebol e vôlei para o Portal do Torcedor.
4. Acreditava que poderia ser uma bruxa boa (ou fada) quando era criança.
peter pan5. Nunca tive uma princesa preferida. Sempre gostei mais de histórias como Peter Pan e João e Maria.
6. Ao contrário da maioria dos ansiosos, eu não como nada quando estou nervosa.
7. Tenho interesse por idiomas desde pequena. Quando estou sozinha, falo comigo mesma em inglês (e, raramente, em italiano).
8. Adoro animais selvagens e, desde pequena, “gasto” meu tempo assistindo programas de TV e documentários sobre eles.
9. Acredito em vidas passadas.
10. Tenho mais amigos homens desde sempre.
11. Minha insônia começou quando eu tinha 14 anos, mas alterno períodos de nenhum sono com períodos de muito sono.

Minhas respostas – Escolhi responder somente as perguntas do Eurico porque: a) ele mandou a tag primeiro; b) não quero deixar o post muito longo:

1. Por qual motivo você criou o blog?
Criei o Yellow para poder dividir um pouco das minhas músicas com os outros. Música é uma linguagem universal e eu acho ótimo compartilhar isso!

2. O que te faz sentir orgulho?
Sinceramente, são poucas coisas e é até difícil eu citar algo específico. Ahn… Tenho orgulho dos nossos atletas, de pessoas que batalham para enfrentar as adversidades…

3.
O que te deixa feliz?

Além de música?! Ser lembrada pelas coisas que eu faço bem; brincar com crianças; ver casais idosos unidos e felizes…

4.
 O que te irrita?
Ihh… Muitas coisas. Atrasos é uma delas. Eu aprendi a ser pontual e frequentemente sou deixada esperando por aqueles que marcaram algum compromisso comigo. #sad

5.
Do que você ainda tem medo?

Das coisas darem muito errado no futuro: não conseguir me sustentar ou ter uma doença terrível.

6.
Quem te inspira na vida?

Ninguém e todo mundo. Ninguém especificamente, mas gosto de observar as pessoas que tenho por perto (e não tão por perto também) e me inspirar naquilo que elas tem de melhor a oferecer.

7.
Qual o melhor livro que você já leu?

Os quatro compromissos, de Don Miguel Ruiz. Talvez não seja a melhor leitura, mas certamente um dos livros mais importantes que já cruzou meu caminho.

8. Compartilhe alguma ideia sua que você acha que melhoraria o mundo.
Empatia. Não é uma ideia minha, mas acredito que se colocar no lugar do outro melhora nossa atitude diante de tudo e de todos e acho esse um grande passo para começar a fazer um ambiente diferente e melhor.

9.
Uma frase favorita.

life quote– A vida nunca é fácil para os sonhadores. De Robert James Waller.

10.
Você já realizou algum sonho? Se sim, pode compartilhar?

Alguns. Musicalmente, realizei o sonho de ir a um show do Foo Fighters.

11.
E para finalizar, uma pergunta copiada de Mário Sérgio Cortella: se você não existisse, que falta faria?

Provavelmente nenhuma. Sad, but true. =O Acho que ainda não realizei nada que realmente fizesse a diferença no mundo à minha volta (apesar de estar caminhando para isso, acho).

Minhas 11 perguntas para os blogs indicados, linkados abaixo:
1. Ter um blog está relacionado à sua profissão atual ou futura?
2. Seu blog tem um tema específico? Se sim, porque escolheu falar desse assunto?
3. Já morou ou gostaria de morar em algum outro país?
4. Realizou algum sonho nos últimos 365 dias?
5. Qual foi a última pessoa que você abraçou?
6. Qual música está ouvindo agora? (De verdade, ou apenas tocando na sua cabeça rs)
7. Qual sua memória mais antiga?
8. Qual sua melhor conquista dos últimos tempos?
9. Qual seu estilo musical favorito?
10. Gostaria de mudar algo em sua vida?
11. Se você pudesse determinar algo para seu futuro, o que seria?

Blogs indicados:

Extraordinariando | Céu de Brigadeiro | Divina Leitura | Como livros, bebo séries | Bianca Martine | Ponto de Desencontros | Piece of a star | The Morning Walk | Garoto Americano | Confidente Perfeito | Mente Simples

ps: Se você foi indicado mas não quer responder tudo bem :) Se você não foi indicado mas quer responder, tudo bem também!

Anúncios

18 comentários sobre “TAG: Liebster Award

  1. Esqueci de mencionar no outro comentário, mas sabe aquele velhinho no clipe de When you’re gone da Lavigne? Nunca houve uma vez em que chegasse na parte dele que eu não chorasse kk até hoje.

    Curtir

  2. I like your answers, but especially number 8. There is not enough empathy and I think it’s because so many people don’t experience the real world anymore, and they don’t venture outside their confutable spaces to share in and experience people and cultures that are different from theirs.

    Answering your question number 3, my wife, daughter and I lived in Spain for almost 4 years. We just went there, no jobs, didn’t know anyone, and simply had to make our way. Back to question 8, having been the “foreigner” and experiencing all the good and bad those goes with it, I find it a lot easier to have empathy for foreigners in my country. And I just love to learn about other cultures, listen to other languages (even though I don’t understand), and listen to music from cultures. Life is way too boring to live in the vacuum of my own culture.

    You are making a lasting impression with you interest in music and sharing it with others.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Hi, Timothy!
      I know I’ve said this before but I think I could say one more time: Thanks a loooot for always find a way to read my posts and comment even though I never write in English. I reaaally appreciate this!!

      Well, I totally agree with you about empathy. Since the world became larger and larger with internet, that also made it easy to go everywhere without leaving home, I believe people are no longer experiencing real life. Thats sad and damaging.

      And thanks for make me think about what a lasting impression I might be making around here!

      Wish you and your family the best in Spain or anyother place you choose to go in this life!

      Curtido por 1 pessoa

      1. I like reading what you have to say. Portuguese, although not really that close to Spanish, is close enough to Spanish that I can usually figure things out by context, and then look up the words I don’t know or that don’t make sense in a Spanish context.

        I was watching a Polish music video the other day that had an option for subtitles so I turned them on and the subtitles were in Portuguese; therefore, I was able to halfway follow the words. How cool is that?

        Curtido por 1 pessoa

          1. Really they are captions, so they usually are the same language they are singing or talking in, but sometimes the captions are in another language like Portuguese for the Polish Video. I like to turn on the captions on Italian videos, because I can read Italian a little, and that helps me understand the words better. Sometimes they have English translations for captions on other languages, but not often.

            Curtido por 1 pessoa

  3. Olha, primeiro obrigado por ter respondido a Tag. Segundo, gostei muito do que vi, é legal conhecer pessoas assim, com pensamentos que parecem simples, mas que faz toda diferença.

    Só não concordei muito com a última resposta, mesmo sem te conhecer, eu acho que você faria alguma falta sim… Vou dar só uma ideia:) : no seu próximo tempinho precioso (rsrs) de uma olhada para o seu interior e a sua volta, pode ser que você encontre muita coisa em sintonia. E não existiria essa sintonia se você não existisse!

    Abração, tudo de bom pra você e sucessos!!

    Curtir

  4. O primeiro ponto tem logo tudo a ver comigo! E também falo comigo em inglês, já é natural. Mas olha, fazia falta sim e faz a diferença sim! Todos nós fazemos, a nosso jeito. Beijinhos :)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s