Circuito BB: Panic! At The Disco

Está chegando o dia do Circuito do Banco do Brasil, que acontece em BH nesse sábado, dia 18 de outubro. Quando comprei ingresso para o evento, falei aqui sobre minha falta de sorte e como estaria mais feliz com os shows que foram para outras capitais do país (além de Linkin Park, claro). Porém, como o evento se aproxima, é hora de abrir meu coração para poder curtir toda a programação de shows. Por isso, começamos a semana falando de Panic! At The Disco que todos vocês devem conhecer por causa da música I write sins not tragedies. Conscientemente, essa é a única música da banda que eu conheço.

Reconheço, porém que a música é boa. Não é a toa que, em 2006 a banda levou o MTV Video Music Awards de vídeo do ano, melhor vídeo de grupo, melhor vídeo de rock, melhor artista novo em vídeo, melhor arte e direção de vídeo, além do prêmio de melhor vídeo clipe da década de 2000.

A banda começou em 2004, com os amigos Ryan Ross e Spencer Smith, que chamaram outros dois músicos para a banda: Brent Wilson e Brendon Urie. A princípio, o guitarrista Ryan faria o vocal, mas o planos mudaram depois que todos ouviram Brendon cantar e assim foi. Para os curiosos de plantão, a banda começou fazendo covers de Blink-182, o que atesta o bom gosto e diz um pouco sobre a influência pop/punk/rock  da banda.

Em 2008, os voltaram a vencer o MTV Video Music Awards com melhor vídeo pop para Nine In The Afternoon.

Dá para perceber que, no espaço de tempo entre um prêmio e outro, o estilo da banda mudou um pouco. Mesmo eu não considerando a Panic! uma banda de rock (tipo, nunca), a Nine In The Afternoon é uma prova de como a banda assumiu um estilo mais pop com o passar do anos. Talvez por isso, Ryan Ross e Brent Wilson tenham decido deixar a banda, em 2009. Dizem que o motivo foi justamente uma “discordância musical” com os outros integrantes. No mesmo ano, a Panic! saiu em turnê com o Blink e precisou de substitutos para os shows.

Foi também em 2009 que a banda lançou New Perspective, trilha sonora do filme Garota Infernal.

The Ballad of Mona Lisa foi o primeiro single da nova formação da Panic!, lançado em 2011. Uma produção um pouco mais rock do que pop, com relação a anterior. Andar com o Blink fez bem pra essa galera!

Vamos dar um salto até 2013 para apresentar o trabalho mais recente da banda. O álbum Too Weird to Live, Too Rare to Die!, lançado em outubro. Dele, trouxe para vocês a música Miss Jackson.

Bom, vamos às considerações finais:
1) (Pelo que consegui apurar) de sua criação, até hoje, a Panic! mantem apenas o vocalista Brendon Urie. Os amigos Ryan e Spencer, que tiveram a ideia e iniciativa de formar a banda, deixaram o grupo. Dallon Weekes, que entrou como substituto em 2009 também permanece. Além deles, a banda conta com outros músicos apenas para turnê.
2) Ainda não sei o que esperar do show de sábado, mas, vou torcer para que tenha mais rock do que pop e que a banda consiga mostrar as influências que têm de Blink-182.

Anúncios

2 comentários sobre “Circuito BB: Panic! At The Disco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s